Desafio criativo: 30 dias 30 narrativas #15

Dia #15

Amanda sempre teve um sonho. Desde menina, sonhava em ser gente grande, grande e importante. Brincava de Barbie porque ela era uma mulher adulta e resolvida. Amanda queria ser como a Barbie, uma mulher de negócios.

Na época que Amanda nasceu, não era costume que as mães saíssem de casa para trabalhar. E a dependência financeira materna trouxe vários conselhos do tipo "jamais dependa de um homem", "tenha dinheiro para, pelo menos, comprar suas calcinhas"... Claro que Amanda cresceu acreditando que deveria estar longe das garras da dependência financeira masculina. Aquilo tudo estava encrustado dentro dela.

Amanda fez tudo certo. Ou achava que estava fazendo. Até que um dia encontrou alguém, alguém que parecia especial. Demorou um tempo para que ela pudesse resolver-se e permitir-se conhecer. O tempo foi passando e Amanda se acostumando à presença dele. 

A primeira vez que ela sentiu vontade de estar casada com ele foi no supermercado. Os dois saíram para comprar algumas coisas e preparar um jantar na casa dele. Naquele momento, ela percebeu que talvez não fosse tão ruim assim ter alguém por perto, sentiu até que talvez fosse bom ter alguém para fazer companhia no supermercado e ajudar a decidir qual mistura comprar. Ela olhou de longe pra ele e sentiu uma pontadinha de alegria no coração. Estava onde queria estar.
***


ps.: Para entender o porquê deste desafio criativo, clica aqui. Agora, se você não quer entender nada e, sim, ler os textos, clique aqui
Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger